Revelstoke

Esta estação vem como uma nova cara, entre as típicas estações de ski do Canadá. Até 2007/08 não passava de um morro para os moradores locais, servido por um elevador curto. Porém uma gôndola e dois teleféricos rápidos a transformaram em um resort com o maior desnível vertical da América do Norte e com cerca de 3000 acres de pistas, que recebem enormes quantidades de powder - em torno de 12 metros por ano em média.

Seu terreno é principalmente ungroomed (despreparado) e íngreme. Há passagens maravilhosas entre árvores e um bowl aberto e grande, com acesso através de uma banda de penhascos - precisa saber muito bem aonde da para entrar.

A escola de ski oferece sessões de introdução ao terreno (para metade do dia ou para o dia inteiro) que é algo essencial neste tipo de montanha. Há também uma área de snowcat-ski ao lado das encostas servidas por ski-lifts, e o heli-ski que pode ser reservado na base.

A aldeia na montanha agora está completa com um Hotel, um restaurante separado, um bar e um coffee shop. Você também pode ficar em uma despretensiosa cidade de Revelstoke, que fica à cinco minutos de ônibus (operando somente durante o dia) e com uma ampla escolha de restaurantes e bares.

Alternativas:
Whistler recebe uma média de quase 12m de neve por ano e têm os melhores bowls e chutes, que são geralmente cheios de powders. O Big White  é ideal para aprender a esquiar em powder, com nevascas regulares e um monte de pistas intermediárias.

Previsão de neve