Dicas de snowboard : Equipamento

Big thumb 12 13gentem chopstick

Tipos de prancha de snowboard

mais de 3 anos Ago / Marcações: como escolher, prancha, equipamento

Neste nivel o Zona Radical indicaria apenas um tipo de prancha de snowboard - a do seu tamanho. Isso significa que o snowboard, na vertical, deve medir mais ou menos do seu pé à altura do seu queixo. Caso você esteja acima de peso para sua altura, procure uma prancha alguns centimetros  maior. Veja nessa materia as dicas mais detalhadas.

Mas falando sério, hoje em dia todos os “tipos” de prancha de snowboard são bem misturados. Os fabricantes experimentam com a forma, material,e estrutura, e é bastante difícil encaixar uma prancha particular em uma definição, todas as pranchas possuem um pouco de cada estilo.

No início do aprendizado tente escolher as pranchas de snowboard (entre aquelas do seu tamanho) as mais macias e de perfil “rocker” se tiver (fica sabendo as diferenças). Pranchas assim vão te ajudar um pouco no processo de aprendizado. Mas lembre, o importante é ter vontade e dedicação, nao importa a prancha! =)

Veja as Partes de snowboard no Dicionario e como comprar um snowboard nas Dicas do Zona Radical

Entre as propriedades técnicas de um snowboard as mais importantes são: 
- a forma geral
- o perfil
- a flexibilidade

As definições do Zona Radical são seguintes.

FORMA GERAL
As combinações diferentes dessas propriedades podem levar uma prancha para uma das categorias mais gerais. Mas nunca fique preso nas definições - sempre escolha a prancha que você gosta!

  • All Mountain: O tipo mais comum, principalmente entre os snowboardistas de tipo “fitness” (quer dizer quem pratica o esporte mais pra diversao, sem objetivos esportivos). Elas normalmente são +/- unidirecionais, razoavelmente flexíveis, ou duras, dependendo do seu ponto de vista.
  • Freestyle: São pranchas de menor comprimento, com uma forma simetrica bi-direcional (twin-tip ou true-tip). Elas são modeladas para serem leves e flexíveis e adaptadas para curvas rápidas e apertadas. Elas são mais usadas em half-pipes (semi tubos) e nos snowparks onde existem saltos, caixas e corrimões, mas também proporcionam uma descida bem divertida nas pistas comuns.
  • Freeride: Pranchas com maior comprimento, (semi-)direcionais e de flexibilidade e dureza moderadas, compara às duras. Sao usadas para curvas longas e feitas para atingir grandes velocidades, em todos os tipos de neve, desde  gelo a neve macia e powder.

Os tipos mais especificos e bem menos espalhados sao Park/Jib - para andar especialmente nos corrimões, e  Racing/Alpine que são usadas para slalom e descidas MUITO rapidas. Separadamente fica o Split board - a prancha q se separa para servir como equis em situações especilizadas, usa-se para ski-turing em montanhas fora das pistas e longe das elevadores.

A forma geral define se a rabo da prancha é igual a ponta. Tem dois formatos basicos 

  • True Tip - bi-direcional
  • Direcional ou Freeride
  • e, claramente, todas as misturas possíveis destes dois: twin-tip q e quase bi-direcional, etc., etc., etc.

PERFIL
Se a forma é como se fosse uma visao de prancha de cima, o perfil - é como a prancha se parece olhando de lado

  • Camber - o “tradicional”, que recentemente não é muito popular, pelo menos na sua forma pura
  • Rocker ou camber Inverso
  • todas as misturas possiveis desses dois perfis é o que agora é o mais popular: plano “flat”, “rocker-flat”, banana BTX, etc., etc.

Veja nessa materia a descrição mais detalhada dos perfies diferentes das pranchas de snowboard. 

FLEXIBILIDADE
Flexibilidade parece ser uma propriedade obvia: mais duras pranchas de snowboard são destinadas mais para maior velocidade, freeride e big-air (aqueles pulos gigantes ;-) mais flexiveis - para monobrar no snowparque, ou na pista mesmo. Mas uma prancha contemporânea eh muito mais complicado do que isso, por que o carater dela depende MUITO de proprcoes de como a flexibilidade, o perfil, e a forma sao disitribuidos alongo da prancha, como eles se combinam um com outro. Assim, tenta testar as pranchas e esconle a melhor pra você!

Como a forma, o perfil e outros parametros puramente técnicos (waist, side cut, magnetraction etc etc etc) variam muito entre as pranchas de snowboard, os melhores sites de review de equipamento, como o The Good Ride, focam no comportamento de snowboards em vez de numeros e qualidades formais. Além de peso, função de cada prancha e nível do praticante, é preciso considerar os seguintes aspectos:

Turn Initiation  como inicia as curvas
Edge Holdcomo retença a lamina

 

E também como o snowboard se comporta em determinado ambiente:

On Snow Feelem neve em geral
Powderem neve frecsa
Speedem alta velocidade
Uneven Terrain  em terreno irregular
Carvingfazendo carving
Switchandando de switch
Jibbingfazendo jibbing
Pipeandando em half-pipe
Jumpsnos saltos

Com tantas qualidades diferentes, nós sugerimos que você leia alguns reviews detalhados das pranchas de snowboard como o que encontramos no site www.thegoodride.com e onboardmag.com/snowboard-gear

Nessa parte do Zona Radical nos apresentaremos no proximo futuro as melhores pranchas da temporada.

Dicas Relacionadas:

Comentários

  • responder Fábio Paz Paz, 30 de March, 2016 às 12:26 PM

    Eu prefiro board All-mountain com perfil camber.
    Minha prancha atual é Burton Custom X 164.

  • responder Ignat Russo, 30 de March, 2016 às 02:23 PM

    Eu prefiro tem duas! :wink:
    Uma curtinha (Lib Tech Skate Banana 153 W) para dias sem muita neve, e Jones HoverCraft 160 para freeride e big mountain.

Propaganda